segunda-feira, 14 de maio de 2012

100, 200 ou 300 ?

Quase um ano sem escrever e cá estou.
Muita coisa aconteceu, muita coisa eu senti e muita coisa eu me esqueci.
Não sei bem ao certo agora quantos dias eu fiquei sem escrever, 100, 200 ou 300 dias, sei que eu mudei, troquei, arrisquei, cansei, agora eu posso levantar um pouco da bandeira, pois deixei para trás muitas coisas e hoje eu não me importo tanto com coisas que eu me importava antes, sempre minha pessoa em primeiro lugar, pois eu me amo e não posso mais viver sem minha pessoa *-* (Ultraje =].
Resumindo, eu mudei, e não me importo mais com sentimentos, eles só servem para nos deixar mal e isso eu já superei =]~




Apenas um recomeço

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Nunca mais ruela.


Enquanto ela caminha por uma ruela, pássaros cantam, vidas recomeçam, destinos são mudados, cores são apagadas, quadros pintados, retratos tirados.
Ela não percebe nada de diferente, ela continua a andar e não olhar para trás, ela se sente leve, renovada, como se um novo ciclo tivesse começado naquele momento.
Mas ela num sabe que quando chegar em casa, haverá mudado algo, ela não verá mais as roupas no armário, o cheiro de naftalina não vai mais sentir, os retratos foram levados e sua cama ficará fria a noite, ela não vai mais ver Amelie Poulain e pensar no seu amor, ela vai simplesmente mudar e quando ela mudar não vai mais olhar pra trás.
Se sentirás leve, flutuará sobre um céu azul e sentirá o flescor das novas rosas que desabrocharam na primavera.
Ela nunca mais andará sem rumo, ver aonde tudo dará, vai saber manter amizades e continuar conversas, saberá entender ao outro e nunca mais vai querer ver lágrimas nos olhos de outra pessoa e não fazer nada, ela vai retardar, vai hibernar e não vai mais querer saber daquele passado. Nunca mais ruela, nunca mais ruela.


Apenas mais uma fábula viajante =]

terça-feira, 26 de julho de 2011

Está Tudo Escrito.

Escutando música brasileira dos anos 50, cá estou eu escrevendo mais um post!

Fico refletindo muito, acho até que vou ficar meio maluca, sabem. Eu ainda num encontrei meu verdadeiro eu, acho que o mais próximo que eu cheguei disso foi na época flower power que eu tive. Depois disso eu esqueci absolutamente tudo, que nem um espírito que volta à vida com outro corpo, esquecendo de tudo que passou, escrevendo uma vida nova. As vezes eu acho isso tão intrigante, será que tudo que eu estou vivendo está realmente no meu destino ou eu posso desviar e traçar uma história totalmente diferente que alguém lá de cima propôs à mim.

Eu não sei o que irá acontecer, mas talvez haja um destino traçado, muito dificilmente será mudado. Eu acredito que tudo já está escrito, nossas mãos mostram nossa vida, pena que nem todos a enxerguem.


Apenas um misticismo barato \o

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Michal Nyman


Olá pessoal =D
Hoje é quinta-feira e eu nem posso acreditar, daqui a pouco vou receber uma notícia importante demais para a minha pessoa, espero que de tudo certo!
Desde que eu vi o filme "O Piano", não consigo mais parar de ouvir Michael Nyman, esse cara faz trilhas sonoras para filmes, jogos e outros. Uma música melhor que a outra. Estou viciada na "The Heart Ask Pleasure First" escuto uma vez, ai quando acaba coloco pra escutar de novo e assim sucessivamente, até cansar. O pior que eu não consigo parar de escutar, só vou parar quando euzinha conseguir tocá-la.
Ele tem um estilo meio parecido com o Yann Tiersen, foi por causa do Yann que eu me viciei em filmes, não tem um final de semana que passe sem eu não ter visto algum. Ainda mais quando se tem um namorado tudão do meu lado *-*³



Apenas uma dica musical =]

domingo, 17 de julho de 2011

Sun Tzu x Maquiavel

E , pessoal \o

Depois de algum tempo sem postar, estou aqui, para falar de alguma reflexão tensa para vocês. O meu público leitor!

Há dois meses tenho lido alguns livros, refletindo bastante sobre como esta indo minha vida, tenho estudado mais ou menos também, final do ano vou fazer o ENEM, só quero ver.

Voltando, eu acabei de ler o "Pássaro Raro" são várias crônicas, até que é bem interessante, mas sem dúvida, eu prefiro "O Dia de Curinga". Agora comecei a ler "A Arte da Guerra", do Sun Tzu, descobri que há "A Arte da Guerra" do Maquiavel.

O livro de Maquiavel relaciona modelos de governo, recheados de argúcia e uma boa dose de crueldade, numa época em que a vida humana valia muito pouco nas mãos dos que faziam política (os nobres).

Já no livro de Sun Tzu fala de pureza e amizade, de que a guerra mais poderosa é aquela em que se vence sem muitos esforços, sem viôlencia. Esse livro é muito utilizado por empreendedores. E, por sinal, muito interessante, ele é realizado por 13 capítulos, eu já estou no terceiro, e estou achando bem interessante. Estou lendo o livro resumido, vou ver se acho o completo, deve ser bem grandinho!


Apenas uma dica de leitura!


domingo, 26 de junho de 2011

Devaneio Árabe

Como duas lindas esmeraldas a observar a luz do luar, eu o vejo.
Eu sei que você chora por dentro, sabe que a música não percorre mais em seu corpo, o cheiro da rosa que foi dada não há mais aroma.
As cores foram apagas e dificilmente serão pintadas novamente, talvez em novos quadros com outras paisagens, com outras personagens.
Cada sonho é um novo pesadelo, acordar a noite e observar a lua, falar para ela para que antigas sombras não atormentem-a, libertar o prisioneiro dentro do coração amargurado.
Ainda toca aquela música que da vontade de dançar contigo, tirar os véus, sentir o teu novo cheiro, sentir o teu corpo macio, sentir que tenho vida.
Mas nada vai acontecer, apenas há nostalgia, apenas uma visão no deserto.
Durma, e quando acordar voltará, me fará voltar, pois infelizmente o meu destino é esse =/

Músicas árabes me fazem escrever coisas estranhas .-.
Apenas delírios árabes \o

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Jostein Gaarden

Olá pessoas!
Estou voltando a postagens normais, pois a tua escritora está muito bem consigo mesma!
Quero falar de um autor esplêndido, chamado Jostein Gaarden.
Ele nasceu na Noruega, na cidade de Oslo, atualmente tem seus 59 anos, seu livro mais vendido é o famoso "O mundo de Sofia", conta sobre a história da filosofia de forma irreverente e excepcional.
A seguir vou mostrar a listinha dos seus livros.


  • O pássaro raro (1986)

  • Viagem a um mundo fantástico (1987)

  • O castelo do príncipe sapo (1988)

  • O livro das religiões (1989)

  • O dia do curinga (1990)

  • O mundo de Sofia (1991)

  • Mistério de Natal (1992)

  • A biblioteca mágica de Bibbi Bokken (1993)

  • Através do espelho (1993)

  • Ei! Tem alguém aí? (1996)

  • Vita Brevis (1996)

  • Maya (1999)

  • O vendedor de histórias (2001)

  • A garota das laranjas (2003)

  • Xeque-mate (2006)

  • Os anões amarelos (2006)

  • O castelo nos Pirineus (2008)

Eu estou lendo "O pássaro raro", são contos incríveis. Já li "O mundo de Sofia", esse livro sim eu devorei vorazmente, ainda quero comprar toda a coleção dele *-*


Apenas uma dica literária